domingo, 4 de junho de 2017

Iniciativas sustentáveis em Cabo Frio

Conheça duas iniciativas sustentáveis em Cabo Frio! 

Uma delas, um empreendimento comercial, o Hostel Container Cabo Frio. A outra, uma proposta educacional, a Turma do Sítio, que funciona em São Jacinto, zona rural do município, promovida pela Fundação Santo Agostinho, a Funsag.


Semana passada fui convidada a ministrar uma oficina de reciclagem de papel para as educadoras da equipe FUNSAG, no sítio que é a sede da instituição. Fiquei maravilhada com o que vi por lá!

Em uma proposta de inclusão, esperança, ecologia e cidadania, são promovidas atividades esportivas, educacionais e culturais para crianças e jovens moradores das áreas circunvizinhas.




















Abaixo, as imagens da nossa oficina


















 




Para saber mais, visite o blog http://turmafunsag.blogspot.com.br/


A outra iniciativa, interessantíssima, é a do 
Hostel Container Cabo Frio. Veja!



O Hostel Container Cabo Frio está situado em local privilegiado, nas imediações de quatro unidades de conservação, como a APA do Pau Brasil, o Parque Estadual da Costa do Sol, o Parque Municipal da Boca da Barra e o Geoparque Costões e Lagunas do Estado do Rio de Janeiro, com geossítios e pontos de interesse cultural, histórico, pré-histórico e ecológico, fazendo  da região local privilegiado para o desenvolvimento de ações de  educação ambiental e atividades de campo para estudantes e pesquisadores. Já estamos firmando uma parceria para desenvolver 
roteiros educativos para escolas e grupos universitários!




O local não podia ser mais especial!!


Para saber mais, além de poder fazer sua reserva, visite o site!

https://www.hostelcontainer.com/










Vejam como surgiu a proposta:

"Há tempos atrás, antes de tudo começar, o Sr. Roberto Saci trabalhava na construção de um empreendimento imobiliário e ficava incomodado com a quantidade de materiais que eram desperdiçados em cada obra. Em demolições e novas construções sempre tinha muito material bom que era descartado. Com isso na cabeça ele começou a guardar o que achava que um dia poderia ser reaproveitado".
"Assim, com o pátio se enchendo cada vez mais e tendo que dar um destino a tanto material ele viu uma boa oportunidade na reutilização de containers marítimos. Que, do mesmo modo que os materiais que ele havia juntado, já haviam cumprido sua função inicial mas ainda tinham muito o que dar. E assim surgiu a ideia do Hostel Container".

“Reduzir / Reciclar / Reutilizar“
Este lema está presente da concepção a construção do Hostel. A ideia de sustentabilidade pode ser vista e vivenciada em cada detalhe do empreendimento. Para nós o conceito de ser sustentável se estende não só ao material, mas também ao atendimento, forma de funcionamento e na experiência de hospedagem do Hostel Container. 
E você está convidado desde já a vir conhecer como ficou tudo isso em funcionamento. 
Veja abaixo alguns itens que foram utilizados em cada fase
do desenvolvimento.

• Os containers
O container marítimo tem vida útil longa (em média 92 anos) mas só pode trabalhar no mar por 8 anos. Sua estrutura é bastante forte, pois é projetado para resistir à diversas intempéries e suportar grandes cargas. Por isso a grande demanda de containers nos dias de hoje. Na construção do Hostel foram utilizados containers de 40” (12m).
• Isolamento Térmico e Acústico
Para tornar-se habitável o container precisa receber um tratamento térmico e acústico. As soluções tradicionais utilizam muitos materiais e deixam muitos resíduos (materiais isolantes, mantas, divisórias em gesso acartonado etc.). Então, para resolver este problema, procuramos uma solução simples e de menor impacto ambiental. Após uma pesquisa e alguns testes junto a um fabricante de tintas começamos a utilizar uma tinta especial que possui em sua composição microesferas de vidro e faz com que a temperatura interna abaixe até 25%. Gerando economia de energia no controle de temperatura, de materiais e horas de trabalho (menos material, menos horas de trabalho e menos resíduos).
• Materiais de demolição
Lembra dos materiais que o Sr. Roberto guardou das obras? Então: Portas, janelas, esquadrias, assoalhos dos pisos das varandas, dobradiças, parafusos, fechaduras, peças de madeira, decks, luminárias, bancadas de pia, cubas, vasos sanitários, caixas d’água e mais algumas coisas que não conseguimos lembrar, foram recondicionadas e reaproveitadas. E assim ganharam prolongamento de sua vida útil evitando que fossem descartadas. Por exemplo, para fazer as camas beliche, foram enviadas ao marceneiro peças de madeira de demolição. Os guarda-roupas são feitos de retalhos das paredes de containers. Por todo lado você encontra outras peças reaproveitadas. Pallets com plantas nas paredes, carretéis de fios como mesas e até as botas e capacetes que os trabalhadores utilizaram durante a construção estão no jardim como vasos.

• Ferro-velho
Incontáveis visitas a ferros-velhos foram feitas para garimpar peças que poderiam ser reutilizadas. 
Por exemplo:
As estruturas metálicas em sua maioria foram reaproveitadas: as que sustentam a torre da caixa d’água, as passarelas, colunas, degraus, sapatas, etc.;
As escadas já foram utilizadas nas pistas de aeroportos no acesso aos aviões (dizem que ex-presidentes como Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek passaram por elas);
Caçamba, que já foi de entulho, hoje virou uma piscina com hidromassagem;
As Tampas que estão nas diversas cisternas já foram algum tipo de placas de isolamento;
Pneus velhos... eles estão por todos os lados. Nas bases dos containers, nas caixas de passagem etc. 
• Fossa de bananeiras
O hostel utiliza um sistema ecológico de fossa que utiliza pneus velhos e bananeiras. O nome oficial é “BET - Bacia de Evapotranspiração”. Explicando rapidamente é um sistema fechado que transforma (através de um filtro de areia, brita e vegetais) os resíduos em nutrientes para o solo. Não tendo efluentes e evitando a poluição do solo e do lençol freático.
Você pode ver duas dessas fossas nos fundos do Hostel (procure pelas bananeiras!)
• Reciclagem de águas 
Toda água de chuva e águas cinzas são captadas, tratadas e reutilizadas. Em diversos pontos você pode ver essas cisternas e centrais de tratamento. 
• Aquecimento solar
Numa cidade tão ensolarada quanto Cabo Frio nada mais lógico que utilizar aquecedores solares para esquentar a água do seu banho. Temos uma série deles para você utilizar o menos possível de energia na hora do banho. 

• Sustentabilidade Social
Pensando na diminuição das diferenças sociais e na melhoria da qualidade de vida da comunidade carente de nossa cidade. Fizemos uma parceria com uma ONG que nos encaminhou jovens aprendizes. Esses jovens foram empregados na mão de obra durante a construção e posteriormente na equipe de trabalho do Hostel.
A ONG CAJEF (Centro de Atenção ao Jovem Espaço Feliz) faz um trabalho acompanhando e reabilitando jovens em risco social. Trabalhando a autoestima e tirando da faixa de exclusão social

"Isso tudo foi feito pensando no que vamos deixar para nossas próximas gerações. Aqui no Hostel Container mostramos que é possível reutilizar materiais e diminuir o impacto ambiental sem perder o conforto e o bom-gosto".
"Queremos que você tenha uma experiência sustentável e inesquecível conosco. E além disso, que você leve um pouco dessa experiência. Que comece a pensar em como utilizar de alguma forma soluções sustentáveis em sua vida. E que também possa passar adiante essa ideia".
fonte: https://www.hostelcontainer.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário