terça-feira, 17 de outubro de 2017

Oficina de Reciclagem e Sustentabilidade na FUNSAG

DDiferentes momentos da
Oficina de Reciclagem e Sustentabilidade
com Christianne Rothier na FUNSAG:

Explorando a sucata doméstica - material, resistência, tamanho, forma, equilíbrio, sonoridade.

Atividades individuais e coletivas.

Segurança no trabalho com sucata: o que pode, o que não deve ser utilizado no trabalho educativo.

Acesso a informações: literatura especializada, arte com lixo, aproveitamento de resíduos.

Um trabalho com muita parceria e envolvimento da equipe!











































Um dia especial, rico, de muitas trocas!
Parabéns, Equipe FUNSAG!

MAIS QUE UM FILME, UM MOVIMENTO!

Assisti outro dia este filme na TV. Ele me tocou! Em meio a esta onda de desesperança, de descrédito, de vergonha alheia, ficamos sabendo que muita gente está envolvida na construção de um novo mundo. Sinto-me fazendo parte deste movimento, desta onda vibrante de esperança e construção.
assista  e se empolgue! Acredite! um novo mundo é possível!


MAIS QUE UM FILME, UM MOVIMENTO!
QUEM SE IMPORTA é um longa metragem de 93 minutos e foi filmado em 7 países diferentes: Brasil, Peru, USA, Canadá, Tanzânia, Suiça e Alemanha. Um total de 20 locações em apenas 40 dias, com todas as dificuldades de união das agendas dos nossos entrevistados. O filme também conta com várias animações, além das cenas gravadas em três idiomas diferentes (Português, Inglês e Espanhol). Narração de Rodrigo Santoro. Direção de Mara Mourão e produção de Mamo filmes e Grifa filmes.

https://www.youtube.com/watch?v=f-hEYL0T0Kw




http://www.quemseimporta.com.br/


UM FILME PARA OS QUE ACREDITAM QUE TODOS PODEMOS MUDAR O MUNDO

Não importa se você trabalha com educação, finanças, direitos humanos, saúde, meio ambiente ou qualquer outro setor; Não importa se você trabalha no setor privado, público ou social. Se você vê os problemas como oportunidades, você já tem o que é preciso para ser um Transformador, ou até um Empreendedor Social. Para saber mais sobre este caminho fascinante, que é tanto uma carreira como uma vocação, tanto sobre dar um sentido de propósito a sua vida quanto sobre ter um impacto positivo na sociedade, convidamos você a assistir QUEM SE IMPORTA.

Mais que um filme!

QUEM SE IMPORTA é um longa-metragem sobre empreendedorismo social. Como filme a reunir expoentes do setor no mundo, atravessou fronteiras e se tornou uma ferramenta fundamental para inspirar pessoas em todo o mundo a usar suas carreiras e seus talentos para o bem social.
Com base no impacto causado pelo filme QUEM SE IMPORTA, sentimos a necessidade de desenhar um programa de educação que tem como ponta pé inicial a projeção do filme QUEM SE IMPORTA, mas vai muito além disso. A parceria com o ATADOS aprimorou a parte prática do curso, fazendo com que este seja o primeiro currículo completo sobre o tema no país.
SAIBA MAIS SOBRE O PROGRAMA
B. Drayton acredita que se 3% dos jovens nas escolas fossem educados para serem transformadores, nós mudaríamos o mundo em pouco tempo. Para isso, é necessário levar exemplos e oportunidades de atuação social para dentro das escolas.
Quando um jovem aprende a montar grandes times, vender suas ideias, transmitir credibilidade, implementar um plano e ao final sente na pele o prazer de causar um impacto positivo ao seu redor, este jovem está empoderado para o resto de sua vida!
A partir das histórias de vida de 18 empreendedores sociais do Brasil e do mundo, o projeto educativo do filme Quem Se Importa inspira as pessoas a tomarem consciência de seu próprio poder de transformação, mudando realidades sociais, ambientais, econômicas e políticas.
Quando um jovem pretende entrar numa universidade prestigiosa no exterior, não basta apresentar um currículo com boas notas. É necessário mostrar sua preocupação social, um trabalho voluntário realizado, ou sua visão cidadã, caso contrário, é como se faltasse algo em seu currículo. Na direção oposta está o vestibular brasileiro que não parece se preocupar com a postura cidadã dos jovens. Ou corporações que só agora começam a valorizar a atuação social dos jovens.
É esta cultura que pretendemos fomentar no país! Fazer com que todos os jovens tenham algum envolvimento com o setor social, desde cedo.
Porque os jovens das escolas mais pobres poderão usar seus novos conhecimentos para atuar positivamente em seu ambiente, e os jovens das escolas com mais recursos poderão atuar nas comunidades ao redor, além de também contaminar positivamente seu próprio ambiente.
Algumas escolas oferecem oportunidades de atuação no setor social, mas geralmente são  ações optativas, assistencialistas e não atraentes, e acabam tendo poucas adesões.
Com isto em mente, a equipe do QUEM SE IMPORTA juntou-se ao ATADOS e montaram um  programa educacional que levará inspiração tanto para educadores como para estudantes, plantando sementes para atuações sociais criativas, além de uma nova visão para futuras escolhas de carreiras.
Dirigido a jovens, adolescentes, educadores sociais, professores do ensino médio, universitário e EJA (Educação de Jovens e Adultos), o projeto educativo  abre um amplo debate sobre ética, cidadania, afeto, cuidado e os potenciais de todos e de cada um de promover  mudanças locais e globais.
Caso a sua escola, comunidade, ou grupo de interessados no assunto, queria saber mais sobre nosso programa de educação, por favor entre em contato conosco através do endereço: contato@quemseimporta.com.br
fonte: http://www.quemseimporta.com.br/education/


sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Cinema Xavante no IFF Bom Jesus do Itabapoana

Olhem que bacana! Uma mostra de cinema com filmes feitos pelos Xavante! 

O Espaço Aroeira e O Inteiro Ambiente também foram escolhidos para receber a caixa de 
Filmes Xavante!

Em parceria com o Cine Mosquito e o Espaço USIN4, faremos exibições desses filmes, com roda de conversa e debates ao final!

Em breve faremos a divulgação.

Estamos aguardando ansiosamente o recebimento da caixa de filmes!





Meditação em Cabo Frio, na Casa da Leela


sexta-feira, 4 de agosto de 2017

As plantas sagradas do feminino e a sabedoria ancestral

Esses dias uma querida amiga compartilhou um texto sobre a camomila e a libertação da culpa. O texto me caiu como uma luva, dado o momento que estou vivendo. Deixei um comentário de que já estava indo preparar um balde do chá pra tomar, entrar dentro e lavar a casa, de tal forma senti o quanto aquele texto me cabia. Fui atrás de saber quem era a autora e descobri a incrível Palmira Margarida. Descobri outros textos dela sobre  ervas e sua relação com o feminino, com a mulherada, com a gente, comigo. E lá fui eu compartilhar o material da Palmira. Às vezes copio textos inteiros aqui pro blog, sempre tendo o cuidado de dar as fontes, claro,  já que essa parece ser mesmo uma onda nos blogs. Claro que bacana mesmo é a autoria, e tem muitos textos meus aqui pelo blog. Mas o objetivo é também divulgar outros autores, fazer um apanhado das ideias bacanas que vou encontrando. No caso da Palmira, copiei apenas alguns trechos e recomendo que entrem nos links e leiam tudo. É muito interessante. E ela escreve muito bem. Fiquei fã desta pesquisadora, bruxa, alquimista e seus saberes ancestrais. NA onda do sagrado feminino, lembrei da Clarissa Pinkola Estés, uma autora fantástica, psicanalista, que desvenda nossa alma como ninguém. Indico aqui alguns de seus livros, a maioria lida por mim. Boa leitura e principalmente, bons experimentos! Conhecer a si mesma é a grande viagem!!

photo by Abe Less

fonte:http://www.poesianaalma.com.br/2017/03/quoterias-com-clarissa-pinkola-estes.html


As plantas sagradas do feminino, suas deusas e aromas
Por Palmira Margarida


“Se todos os seres vivos morressem e só sobrassem as plantas, elas viveriam por muito tempo e se multiplicariam. No entanto, se todas elas morressem, nenhum ser vivo perduraria na Terra por mais que alguns meses.”


Quando a primeira planta nasceu no planeta, há uns 500 milhões de anos, singela e simples, uma pequena alga nadando pelo grande oceano azul, talvez ali tenha surgido a primeira deusa. As plantas não têm gênero, o que ocorre é que uma presença feminina reside em todas elas (como a figura folclórica das dríades que moram no interior dos carvalhos), mas algumas, em especial, sustentam em si a sabedoria matricaria, ou seja, a própria divindade feminina que é uma espécie de energia/inteligência/sensoridade que emana de todas as mulheres.

Leia mais em http://www.revistavertigem.com/artigo/as-plantas-sagradas-do-feminino-suas-deusas-e-aromas/


Mulheres da Camomila: a libertação da culpa

A camomila deseja falar com as mulheres, e esse texto é uma pequena realização dessa missão. Vigorosa como a deusa Durga, atenta como Kuan Yin, nutridora como Pachamama. Camomila carrega em si todos os arquétipos da deusa, é só saber ouvi-la! Maleável como a água, é a Matriarca da Terra, é Gaia em vegetal e a base para todas as alquimias das mulheres. A pequena e inofensiva flor é forte, corajosa e acolhedora de todos nós, homens, mulheres, crianças, idosos, acolhedora até das outras plantas ou de qualquer ser vivo nesta Terra, e assim é porque só consegue acolher e curar sem machucar quem tem amorosidade em sua força.


Corra lá e leia o texto completo! É maravilhoso! http://www.revistavertigem.com/artigo/mulheres-da-camomila-a-libertacao-da-culpa/


As mulheres guerreiras: erva artemísia

Estamos acostumadas a honrar, a fazer nossos despachos, altares e defumações a guias e deuses. No entanto, as plantas encarnam os próprios deuses, ou melhor, as próprias deusas. A série ‘Mulheres e deusas’, da qual este artigo faz parte e é o segundo, nasceu através de um olhar atento de tantas irmãs que já tiveram a oportunidade de captar uma planta como entidade, e não apenas como mais um apetrecho de adoração*. Este texto é uma forma de honraria às grandiosas plantas nomeadas de Artemísia (família das Asteraceae… salvem as margaridas!), por toda a força que habita nessas entidades, em seu lugar de deusa Artemis, a grande caçadora e protetora das matas, das pequenas meninas, suas aprendizes, das parteiras, das doulas e parturientes. Por tudo que você é e por todos os nomes que lhe deram, pois em um apenas você não caberia, nós, mulheres, lhe dedicamos este escrito. Estamos saindo do ciclo do vetiver — as mulheres viscerais, a raiz que encarna nossas ancestrais e os cabelos da Gaia, para adentrarmos no reino da poderosa Artemísia, o corpo pulsante da mulher. Disseram que nossos corpos deveriam ser tapados e silenciados, enquanto todas sabemos, lá no íntimo, que eles desejam mesmo é pulsar e viver!

Bora lá ler o texto completo!

http://www.revistavertigem.com/artigo/as-mulheres-guerreiras-erva-artemisia/


As mulheres que decidiram por si mesmas: erva salvia sclarea

‘’Salvia é uma planta tão forte que um dia eu coloquei um galhinho com uma folha num vaso e a moça cresceu’’. Juliana Silva Pontes, enfermeira

Quem é essa moça que entrou? Ninguém sabe, mas só dá ela! Ela “tem fígado, mãos, pernas e muitas vidas!’’. Essa é uma paráfrase da música Ain’t Got No / I Got Life, de Nina Simone, em que ela canta ‘’Eu não tenho amor, não tenho fé, não tenho Deus, mas tenho todo o resto, tenho a mim, tenho o meu corpo, meu cérebro, minhas vísceras, minha vida’’ e o recado é esse “tenho vida e vou seguir em frente!’’ e, tudo isso, com muita elegância e graça porque, afinal, estamos falando de salvia sclarea! Bem vinda ao mundo da esclarea, a salvia da mulher que já alcançou a claridade de ver/ saber/ sentir.


Quer saber mais? Pois deve mesmo! Vá lá!

https://medium.com/@palmiramargarida/as-mulheres-que-decidiram-por-si-mesmas-erva-salvia-sclarea-7113c8e5350a


Palmira Margarida é historiadora especialista em cheiros e emoções e ama pesquisar sobre aromas do corpo feminino. É sinesteta e come coisas só porque são amarelas, inclusive não-comestíveis. Ama viajar e captar os aromas das trilhas e das histórias dos lugares por onde passa. Cria aromas-artísticos e provocadores e você pode encontrar em www.perfumebotanico.com.br

facebook.com/casalquimica/


E pra seguir na linha do sagrado feminino, recomendo aqui alguns livros incríveis:

Mulheres que correm com os Lobos - Clarissa Pínkola Estés

Os lobos foram pintados com um pincel negro nos contos de fada e até hoje assustam meninas indefesas. Mas nem sempre eles foram vistos como criaturas terríveis e violentas. Na Grécia antiga e em Roma, o animal era o consorte de Artemis, a caçadora, e carinhosamente amamentava os heróis. A analista junguiana Clarissa Pinkola Estés acredita que na nossa sociedade as mulheres vêm sendo tratadas de uma forma semelhante. Ao investigar o esmagamento da natureza instintiva feminina, Clarissa descobriu a chave da sensação de impotência da mulher moderna. Seu livro, Mulheres que correm com os lobos, ficou durante um ano na lista de mais vendidos nos Estados Unidos.
Abordando 19 mitos, lendas e contos de fada, como a história do patinho feio e do Barba-Azul, Estés mostra como a natureza instintiva da mulher foi sendo domesticada ao longo dos tempos, num processo que punia todas aquelas que se rebelavam. Segundo a analista, a exemplo das florestas virgens e dos animais silvestres, os instintos foram devastados e os ciclos naturais femininos transformados à força em ritmos artificiais para agradar aos outros. Mas sua energia vital, segundo ela, pode ser restaurada por escavações "psíquico-arqueológicas" nas ruínas do mundo subterrâneo. Até o ponto em que, emergindo das grossas camadas de condicionamento cultural, apareça a corajosa loba que vive em cada mulher.

A ciranda das mulheres sábias - Clarissa Pínkola Estés


Em 'A ciranda das mulheres sábias', a psicanalista e poetisa Clarissa Pinkola Estés reverencia a maturidade feminina e faz uma comovente e profunda homenagem àquelas mulheres que souberam acumular sabedoria ao longo de suas existências. O livro tem uma linguagem metafórica, que se assemelha às antigas histórias contadas de mães para filhas, e chega às livrarias na última semana de maio. Clarissa Pinkola Estés parte de um doce convite à leitora para que se acomode ao seu lado e deguste com ela a bebida que foi reservada para 'uma situação especial', a fim de que possam conversar sobre 'assuntos que importam de verdade' a duas mulheres, com a garantia de que 'aqui sua alma está em segurança'. Seduzida por uma linguagem terna, emocionante e poderosa, a autora apresenta os encantos deste 'arquétipo misterioso e irresistível da mulher sábia, do qual a avó é uma representação simbólica' e que 'não chega de repente, perfeitamente formado e se amolda como uma capa sobre os ombros de uma mulher de determinada idade'. O aspecto mais sedutor do livro reside, justamente, na representação simbólica contida nas avós. Das matriarcas da mitologia às avós dos contos de fadas, passando por aquelas anônimas de suas vivências profissionais, a autora chega às avós de suas tradições familiares, descrevendo de forma magnífica a chegada à América das ancestrais que passaram a fazer parte de sua vida familiar, aquelas 'quatro velhas refugiadas que saltaram de enormes trens pretos para o nevoeiro noturno na plataforma onde nós as aguardávamos com grande expectativa'. Ao final, as nove preces de gratidão - por todas as idosas do mundo, pelas mulheres mais velhas matreiras, pelas avós nas cozinhas, pelas tias perspicazes, pelas filhas que estão aprendendo, por todas as filhas e velhas - representam um perfeito arremate ao prazer da leitura destas páginas plenas de luz, melodia, emoção e encantamento.

Libertem a mulher forte - Clarissa Pínkola Estés

Libertem a mulher forte' é uma prece à Virgem Maria e um convite ao reencontro com a figura divina, numa homenagem à santa mãe. Na obra, a autora compartilha com o leitor sua devoção pela mãe de Jesus e o convida a descobrir a natureza verdadeira e selvagem de Nossa Senhora, sua força e compaixão. O livro reúne orações, poesia, bençãos e ensinamentos em forma de histórias.








O jardineiro que tinha fé - Clarissa Pinkola Estés

Clarissa Pinkola Estés, poeta e psicanalista traz em seu livro sofisticados e entrelaçados contos de perda, sobrevivência e renascimento. Com sensibilidade, humor e profundo otimismo, a obra é a história de uma criança de coração aberto, que cresceu ouvindo atentamente os velhos de sua terra, para perpetuá-los, como contadora capaz de cativar ouvintes e leitores de todas as idades com a 'magistral força da vida'.







O dom da história - Clarissa Pinkola Estés

Nesse livro, ela recorre à farmacopéia familiar de cativantes histórias para nos responder a angustiante questão sobre o que constitui ''o suficiente''. Como as bonecas russas que se encaixam umas dentro das outras, a autora nos apresenta uma seqüência de histórias que resultam em insights profundos. Mais do que nos contar algo, Clarissa Pinkola Estés nos estimula a perceber as histórias como uma doação generosa, que tem generatividade e genealogia, e a oferecer o dom de nossas próprias histórias às pessoas que amamos.






fonte: https://www.livrariacultura.com.br/
Clarissa Pinkola Estés é uma escritora e psicanalista analítica americana. De ascendência mexicana de Swabian, vem de família de imigrantes e refugiados. Muito de sua escrita é influenciada por suas origens familiares do velho continente.

Aprendendo com os lobos


Aprendendo com os Animais.

#LOBOS E SUA ALCATEIA 
COMO ORGANIZAÇÃO NOS MOTIVA A IMITA-LOS...

O exemplo dos Lobos - Os 3 primeiros são os
mais velhos ou os doentes e marcam o ritmo
do grupo. Se fosse ao contrário, seriam
deixados para trás e perderiam o contato com
a alcateia. Em caso de emboscada dão a vida
em sacrifício pelos mais jovens. Eles são
seguidos pelos 5 mais fortes que os
defenderão em um ataque surpresa. No centro
seguem os demais membros da alcateia, e no
final do grupo seguem os outros 5 mais fortes
que protegerão o grupo. Em último, sozinho,
segue o lobo "alpha", o líder da alcateia.
Nessa posição ele consegue controlar tudo ao
redor, decidir a direção mais segura que o
grupo deve seguir e antecipar os ataques dos
predadores.
Em resumo, a alcateia segue ao ritmo dos
anciões e sob o comando do líder que impõe
o espírito de grupo não deixando ninguém
para trás.
"O verdadeiro sentido da vida, não é chegar
primeiro, mas chegar todos juntos ao mesmo
destino"

fonte: https://www.facebook.com/AngolanogenuinAngolanogenuino55/

Pre que não se esqueça quem apoiou essa ignomínia!

OS NOMES DOS 263 DEPUTADOS (CÚMPLICES DA CORRUPÇÃO) QUE SALVARAM MICHEL 
TEMER em 3 de agosto de 2017:


Marx Beltrão PMDB AL
Cícero Almeida PMDB AL
Fabio Reis PMDB SE
Andre Moura PSC SE
Ricardo Teobaldo Podemos PE
Mendonça Filho DEM PE
Luciano Bivar PSL PE
Jorge Côrte Real PTB PE
Fernando Monteiro PP PE
Eduardo da Fonte PP PE
Hugo Motta PMDB PB
Danilo Forte PSB CE
Pr. Marco Feliciano PSC SP
Nelson Marquezelli PTB SP
João Campos PRB GO
Bonifácio de Andrada PSDB MG
Hermes Parcianello PMDB PR
Hélio Leite DEM PA
Elcione Barbalho PMDB PA
Beto Salame PP PA
Osmar Terra PMDB RS
Darcísio Perondi PMDB RS
Abel Mesquita Jr. DEM RR
Edio Lopes PR RR
Hiran Gonçalves PP RR
Jhonatan de Jesus PRB RR
Maria Helena PSB RR
Remídio Monai PR RR
Alceu Moreira PMDB RS
Cajar Nardes PR RS
Covatti Filho PP RS
José Fogaça PMDB RS
José Otávio Germano PP RS
Mauro Pereira PMDB RS
Renato Molling PP RS
Ronaldo Nogueira PTB RS
Sérgio Moraes PTB RS
Yeda Crusius PSDB RS
Celso Maldaner PMDB SC
Cesar Souza PSD SC
João Paulo Kleinübing PSD SC
João Rodrigues PSD SC
Marco Tebaldi PSDB SC
Mauro Mariani PMDB SC
Rogério Peninha Mendonça PMDB SC
Ronaldo Benedet PMDB SC
Valdir Colatto PMDB SC
André Abdon PP AP
Cabuçu Borges PMDB AP
Jozi Araújo Podemos AP
Vinicius Gurgel PR AP
Delegado Éder Mauro PSD PA
Francisco Chapadinha Podemos PA
José Priante PMDB PA
Josué Bengtson PTB PA
Júlia Marinho PSC PA
Lúcio Vale PR PA
Nilson Pinto PSDB PA
Simone Morgado PMDB PA
Wladimir Costa SD PA
Alex Canziani PTB PR
Alfredo Kaefer PSL PR
Dilceu Sperafico PP PR
Edmar Arruda PSD PR
Evandro Roman PSD PR
Giacobo PR PR
João Arruda PMDB PR
Luiz Carlos Hauly PSDB PR
Luiz Nishimori PR PR
Nelson Meurer PP PR
Nelson Padovani PSDB PR
Sergio Souza PMDB PR
Takayama PSC PR
Toninho Wandscheer Pros PR
Carlos Marun PMDB MS
Elizeu Dionizio PSDB MS
Geraldo Resende PSDB MS
Tereza Cristina PSB MS
Alfredo Nascimento PR AM
Arthur Virgílio Bisneto PSDB AM
Átila Lins PSD AM
Pauderney Avelino DEM AM
Sabino Castelo Branco PTB AM
Silas Câmara PRB AM
Lindomar Garçon PRB RO
Lucio Mosquini PMDB RO
Luiz Cláudio PR RO
Marinha Raupp PMDB RO
Nilton Capixaba PTB RO
Alexandre Baldy Podemos GO
Célio Silveira PSDB GO
Daniel Vilela PMDB GO
Giuseppe Vecci PSDB GO
Heuler Cruvinel PSD GO
Jovair Arantes PTB GO
Lucas Vergilio SD GO
Magda Mofatto PR GO
Pedro Chaves PMDB GO
Roberto Balestra PP GO
Thiago Peixoto PSD GO
Alberto Fraga DEM DF
Izalci Lucas PSDB DF
Laerte Bessa PR DF
Rogério Rosso PSD DF
Ronaldo Fonseca Pros DF
Flaviano Melo PMDB AC
Jéssica Sales PMDB AC
Carlos Henrique Gaguim Podemos TO
Dulce Miranda PMDB TO
Josi Nunes PMDB TO
Lázaro Botelho PP TO
Prof. Dorinha Rezende DEM TO
Adilton Sachetti PSB MT
Carlos Bezerra PMDB MT
Ezequiel Fonseca PP MT
Fabio Garcia PSB MT
Nilson Leitão PSDB MT
Professor Victório Galli PSC MT
Rogério Silva Pros MT
Antonio Bulhões PRB SP
Baleia Rossi PMDB SP
Beto Mansur PRB SP
Bruna Furlan PSDB SP
Celso Russomanno PRB SP
Dr. Sinval Malheiros Podemos SP
Eli Corrêa Filho DEM SP
Evandro Gussi PV SP
Fausto Pinato PP SP
Goulart PSD SP
Guilherme Mussi PP SP
Herculano Passos PSD SP
Jorge Tadeu Mudalen DEM SP
Marcelo Aguiar DEM SP
Marcelo Squassoni PRB SP
Marcio Alvino PR SP
Miguel Lombardi PR SP
Milton Monti PR SP
Missionário José Olimpio DEM SP
Paulo Freire PR SP
Paulo Maluf PP SP
Paulo Pereira Da Silva SD SP
Ricardo Izar PP SP
Roberto Alves PRB SP
Roberto de Lucena PV SP
Vinicius Carvalho PRB SP
Walter Ihoshi PSD SP
Aluisio Mendes Podemos MA
André Fufuca PP MA
Cleber Verde PRB MA
Hildo Rocha PMDB MA
João Marcelo Souza PMDB MA
José Reinaldo PSB MA
Junior Marreca PEN MA
Juscelino Filho DEM MA
Pedro Fernandes PTB MA
Sarney Filho PV MA
Victor Mendes PSD MA
Aníbal Gomes PMDB CE
Domingos Neto PSD CE
Genecias Noronha SD CE
Gorete Pereira PR CE
Macedo PP CE
Moses Rodrigues PMDB CE
Paulo Henrique Lustosa PP CE
Vaidon Oliveira DEM CE
Alexandre Valle PR RJ
Altineu Côrtes PMDB RJ
Aureo SD RJ
Celso Jacob PMDB RJ
Cristiane Brasil PTB RJ
Ezequiel Teixeira Podemos RJ
Francisco Floriano DEM RJ
Julio Lopes PP RJ
Leonardo Picciani PMDB RJ
Marcelo Delaroli PR RJ
Marco Antônio Cabral PMDB RJ
Marcos Soares DEM RJ
Paulo Feijó PR RJ
Pedro Paulo PMDB RJ
Roberto Sales PRB RJ
Rosangela Gomes PRB RJ
Simão Sessim PP RJ
Soraya Santos PMDB RJ
Walney Rocha PEN RJ
Zé Augusto Nalin PMDB RJ
Lelo Coimbra PMDB ES
Marcus Vicente PP ES
Átila Lira PSB PI
Heráclito Fortes PSB PI
Iracema Portella PP PI
Júlio Cesar PSD PI
Maia Filho PP PI
Paes Landim PTB PI
Beto Rosado PP RN
Fábio Faria PSD RN
Felipe Maia DEM RN
Rogério Marinho PSDB RN
Walter Alves PMDB RN
Ademir Camilo Podemos MG
Aelton Freitas PR MG
Bilac Pinto PR MG
Brunny PR MG
Caio Narcio PSDB MG
Carlos Melles DEM MG
Dâmina Pereira PSL MG
Delegado Edson Moreira PR MG
Diego Andrade PSD MG
Dimas Fabiano PP MG
Domingos Sávio PSDB MG
Fábio Ramalho PMDB MG
Franklin PP MG
Jaime Martins PSD MG
Leonardo Quintão PMDB MG
Luis Tibé PTdoB MG
Luiz Fernando Faria PP MG
Marcelo Aro PHS MG
Marcos Montes PSD MG
Marcus Pestana PSDB MG
Mauro Lopes PMDB MG
Misael Varella DEM MG
Newton Cardoso Jr PMDB MG
Paulo Abi-Ackel PSDB MG
Raquel Muniz PSD MG
Renato Andrade PP MG
Renzo Braz PP MG
Rodrigo de Castro PSDB MG
Saraiva Felipe PMDB MG
Tenente Lúcio PSB MG
Toninho Pinheiro PP MG
Zé Silva SD MG
Antonio Imbassahy PSDB BA
Arthur Oliveira Maia PPS BA
Benito Gama PTB BA
Cacá Leão PP BA
Claudio Cajado DEM BA
Elmar Nascimento DEM BA
Erivelton Santana PEN BA
João Carlos Bacelar PR BA
José Carlos Aleluia DEM BA
José Carlos Araújo PR BA
José Rocha PR BA
Lucio Vieira Lima PMDB BA
Márcio Marinho PRB BA
Mário Negromonte Jr. PP BA
Pastor Luciano Braga PRB BA
Paulo Azi DEM BA
Roberto Britto PP BA
Aguinaldo Ribeiro PP PB
André Amaral PMDB PB
Benjamin Maranhão SD PB
Efraim Filho DEM PB
Roberto Góes PDT AP
Osmar Bertoldi DEM PR
Rômulo Gouveia PSD PB
Adalberto Cavalcanti PTB PE
Augusto Coutinho SD PE
Bruno Araújo PSDB PE
Fernando Filho PSB PE
Marinaldo Rosendo PSB PE
Sebastião Oliveira PR PE
Zeca Cavalcanti PTB PE
Arthur Lira PP AL
Maurício Quintella Lessa PR AL