quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Educação Ambiental no Curso de Nadadores Salvadores

No dia 23 de agosto fui conversar com os participantes do Curso de Nadador Salvador na sede da Guarda Marítima e Ambiental de Cabo Frio a convite do Professor Osni Guaiano sobre Educação Ambiental. Encontrei paralelos entre nossas ações, já que, diante do desafio - eles, no mar e eu no Caminho Verde - nos lançamos à aventura do salvamento. Por aqui, a preocupação é com a espécies ameaçadas, vítimas de atropelamentos e perda de seu habitat natural. Cada qual com suas ações, somos todos parceiros e precisamos uns dos outros. Ninguém faz nada sozinho!
Gratidão pelo convite!

Parabéns a esse time de nadadores salvadores que se preparam para o verão!


segunda-feira, 22 de agosto de 2016

O que não serve pra uns, faz a alegria de outros!

Na vizinhança, alguém repaginou o jardim, descartando as bromélias. Pra nós, um presente! Tivemos mais uma tarde de plantio! Tá ficando lindo!!

























A natureza segue seu caminho!

Cada dia que passa, novas surpresas se sucedem. São sutis. É preciso estar atento para perceber.


Mangueira em flor! Dará frutos, com esse tamanho?


Bromélia em flor. Prenúncio de primavera?



Nos pneus, as Onze horas começam a abrir seus botões


Pitangueiras brotando... Queremos muitas delas, cercando o Largo!

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Depois da chuva, o controle a vetores se faz presente!

Não sabemos se isso é realmente bom ou não para a nossa lagoinha. De um lado, a garantia de que não teremos mosquitos. Mas de outro, inúmeras criaturas também deixam de existir. Se já avistamos larvas, também avistamos girinos. A maré que entra traz criaturas marinhas para este ambiente. Um dos funcionários, quando dissemos que aqui havia carapicus, alertou para o fato de que, neste caso, não se deve colocar veneno. Estamos aguardando orientações dos especialistas da SEMA para que possamos fazer o que seja melhor para a fauna deste ecossistema.






Chuvarada e o mistério do sorvedouro!

Na noite de sexta para sábado, 30/31 de julho, caiu uma forte chuva que, combinada com a maré alta, transformou o largo numa lagoa, dando a ideia de como este local era no passado não tão distante.

















Sonhamos com o dia que nossa lagoinha voltará a ter um belo espelho d'água como este!


Estranho foi o sorvedouro que se formou!



Os vizinhos colocaram a grade sobre o furo que engoliu a água, por medida de precaução. Precisamos desvendar o mistério. Pode ser resultado do aterro não adequadamente prensado ou pode haver algum encanamento rompido.


video

O vídeo mostra a água escoando com grande velocidade pelo furo. Um mistério a ser desvendado!